Publicidade

Publicidade

Governo investe na construção de pontes de concreto em quatro municípios rondonienses

Real Turismo

Em menos de 40 dias o governador, Confúcio Moura assinou ordens de serviço para a construção de quatro pontes de concreto. A primeira foi dia 14 de janeiro para a construção da ponte no rio Jamari, na BR-421 na saída de Ariquemes para os municípios de Monte Negro, Campo Novo e Buritis. A nova plataforma com 120 metros tem importância estratégica para a interligação dos municípios de Nova Mamoré e Guajará-Mirim até a região de Ariquemes e demais municípios do Vale do Jamari, com a utilização da Estrada Parque. Neste projeto serão investidos R$ 5,2 milhões.

Quinze dias depois o governador assinou autorizações para a construção das pontes nos rios Santa Cruz (45 metros) e Araras (30 metros), na BR-435 (antiga RO-399), no acesso ao município de Pimenteiras. Nas duas pontes serão investidos R$ 2,5 milhões. Nessa quinta-feira (16), foi a vez da ponte no rio Urupá, em Ji-Paraná, na RO-135, com 150 metros de extensão, na qual serão injetados mais R$ 6,3 milhões de recursos próprios do governo de Rondônia.

O diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), Ezequiel Neiva, destacou que as obras das pontes dos rios Jamari, Santa Cruz e Araras já foram iniciadas, e o DER cobrará a mesma agilidade agora em Ji-Paraná. “Em menos de 40 dias o governador autorizou a construção de 345 metros de pontes de concreto em rodovias estratégicas para o desenvolvimento de Rondônia, com investimento de quase R$ 15 milhões”, observou o diretor.

A atual ponte de Ji-Paraná permanecerá no local para passagem de ciclistas e pedestres, enquanto a nova será construída ao lado.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais