Publicidade

Campanha Dengue_novembro_desktop

Governo realiza Workshop para operacionalização da Educação Profissional no Estado

0
Real Turismo

O ensino técnico deixou de ser apenas uma modalidade mecânica para se tornar uma das melhores alternativas de políticas públicas para educação e formação para o mercado de trabalho. No Brasil, o Ministério da Educação (MEC) anunciou mais de 1,5 milhões de vagas em educação profissional e tecnológica até 2023, totalizando um aumento de 80% das existentes hoje. As ações  do Eixo Educação, dentro do Plano Estratégico (PE) apresentado pelo governador coronel Marcos Rocha, priorizam a ampliação do ensino profissionalizante em Rondônia, melhorando significativamente a qualificação dos jovens.

Valendo disso, no última sexta-feira (11), a Casa Civil realizou o primeiro Workshop de Educação Profissional de Rondônia. O objetivo do evento foi direcionar os agentes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e do  Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (IDEP) envolvidos no eixo, para a operacionalização da iniciativa.

Segundo o Coordenador do Comitê de Solução Para Melhoria e Alcance de Resultados (SOMAR), Rafael Vargas, o Workshop é um desdobramento do planejamento, e a metodologia aplicada parte do que o governador apontou como prioridade para os próximos 3 anos. “É importante que todos os projetos nasçam de forma alinhada com o que está previsto no PE e no Plano Plurianual (PPA). A comunicação clara entre os agentes envolvidos neste processo ajudará a Casa Civil no monitoramento das ações“, disse Rafael.

Criado em dezembro de 2016, o IDEP/RO tem o propósito de oferecer à sociedade rondoniense inúmeras oportunidades educacionais gratuitas e potencialização das forças de trabalho, como marco de sustentação e fortalecimento da capacidade profissional produtiva para o desenvolvimento competitivo do Estado, sendo legítimo parceiro das políticas sócio educacionais.

Para a Diretora do Idep, Adir Josefa de Oliveira, o Governo teve uma visão estratégica de crescimento quando priorizou o ensino profissionalizante. “O projeto é mais que assertivo. Não temos como trabalhar desenvolvimento econômico sem trabalhar a Educação Profissional”, destacou a presidente.

Adir explica que todo o plano de expansão está baseado em um estudo realizado para o conhecimento da real necessidade profissionalizante do Estado. Foram priorizadas as potencialidades econômica, depois a demanda de mercado, levando em conta os arranjos produtivos locais e verificando a vocação de Rondônia que é o agronegócio.

No encerramento do workshop, o secretário chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, frisou que Rondônia é um dos primeiros Estados da federação a trabalhar a Educação Profissional como iniciativa prioritária de Governo.”Nós somos honrados em sair na frente, em um momento tão importante como este em que o MEC anuncia milhões de vagas para a ampliação  do ensino técnico. O governo tem trabalhado alinhado com os propósitos do Brasil”, finalizou.

A priorização operacional do IDEP/RO serão os cursos técnicos de nível médio, articulados com a Educação Básica, cursos pós-médio, cursos de qualificação profissional e treinamentos.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais