Publicidade

Publicidade

Publicidade

Professora de escola pública resgata com alunos brincadeiras tradicionais em Ji-Paraná, RO

Projeto iniciou em abril e está previsto para ser encerrado em dezembro. Segundo a educadora, após confeccionar os brinquedos, uma competição foi realizada entre os alunos.

0
Real Turismo

Para resgatar brinquedos e brincadeiras de décadas atrás, uma professora de uma escola pública do bairro Novo Horizonte, em Ji-Paraná (RO), município distante aproximadamente 377 quilômetros de Porto Velho, Creunice Pereira de Souza idealizou um projeto para as crianças do local. Através de uma pesquisa, os alunos descobriram novas brincadeiras, tradicionais na época de seus pais, deixaram elas registradas no muro da escola e aproveitaram para se divertir.

Durante a produção, foi elaborado um questionário e encaminhado aos pais perguntando quais brincadeiras eles gostavam na infância. Após as respostas, foi realizada uma mesa redonda com os alunos, onde foi repassado quais as brincadeiras que mais se destacaram, a exemplo do bambolê, pipa, elástico e pé de lata.

“Essas brincadeiras estimulam, além da concentração, os exercícios físicos e a coletividade”, diz a professora Creunice Pereira de Souza, da Escola Municipal Amir Zandonadi.

A produção começou em abril. Após selecionarem as brincadeiras, os objetos foram confeccionados com os alunos. Depois, para deixar uma marca na escola, as crianças começaram a desenhar no muro. A previsão de encerramento do projeto é em dezembro deste ano.

“As crianças vão deixar uma grata lembrança pintada aqui no muro da escola. Os alunos estão amando a ideia. Dias atrás nós fomos a uma propriedade rural para colhermos alguns materiais para confeccionarmos estas brincadeiras e puder ver no rosto deles a alegria estampada”, destacou a professora, Delnice.

Segundo a educadora, após confeccionar os brinquedos, uma competição foi realizada entre os alunos.

por G1/RO
da G1/RO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais