Publicidade

Publicidade

I Seminário em Saúde Ocupacional conscientiza sobre a prevenção de acidentes no ambiente de trabalho em Rondônia

0
Real Turismo

Com o objetivo de sensibilizar e conscientizar os servidores da saúde quanto à importância da prevenção de acidentes e doenças no ambiente de trabalho, a Secretaria de Saúde do Estado de Rondônia realizou, através do Serviço Especializados em Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt), o I Seminário em Saúde Ocupacional, no auditório do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro em Porto Velho.

De acordo com a técnica de enfermagem que organizou o evento, a princípio o seminário estava voltado apenas para os servidores do HB, mas devido a grande procura foi aberto até para o público. “Dez palestrantes falaram sobre saúde ocupacional em diversas áreas, como fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, médico do trabalho, entre outros, esse seminário foi realizado para mostrar aos servidores várias questões que a gente vem trabalhando no dia a dia. Vamos tentar fazer esse trabalho pelo menos uma vez por ano, para que nossos servidores se atentem sobre a importância que é cuidar da saúde”, disse Keila Avelina da Silva Falcão.

Sirlei Faial é professora de educação física e servidora da Secretária Estadual de Educação (Seduc), participou do Seminário e elogiou a iniciativa. “É de grande importância essas palestras. Acredito que é um avanço, pois estamos batalhando pra que a saúde ocupacional se torne uma politica pública, e que os servidores e todo trabalhador tenham consciência de que ele precisa se cuidar.”, destacou a professora.

O I Seminário em Saúde Ocupacional abordou vários temas, como por exemplo, uso do álcool, do cigarro, esse tema foi ministrado pelo Médico do Trabalho Nestor D’Andrea, um tema relevante e prevalente em termos de números. “Qualquer trabalhador que faça uso de álcool e cigarros, ele gera consequências negativas para ele e para o setor que trabalha. Esse seminário é interessante por várias razões, uma delas é pela integração da saúde do trabalhador com o Centro de Referência em Saúde (Cerest), Serviço Especializados em Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt). Daqui, provavelmente, sairá algumas ideias que beneficiarão os servidores e seus familiares”, ressaltou o palestrante.

O engenheiro de segurança do trabalho do Sesmat/Sesau, Allan Robert, disse que esse seminário vem com a importância de trazer a discussão da saúde dos profissionais que trabalham na área. “O cuidar dos cuidadores da saúde e os assuntos que estão sendo abordados, vão desde a questão da saúde mental, e hoje está em alta no estado, a grande parte dos adoecimentos não acontece mais como antes, que era geralmente relacionado a problemas musculares, mas sim a questão da saúde mental. Outros assuntos importantes também foram debatidos como a ginastica laboral, a questão dos acidentes dentro das unidades de saúde, como evitar que os acidentes aconteçam, a questão do controle medico de saúde ocupacional, que foi abordado por médicos do trabalho, que falou quais os exames básicos os profissionais devem realizar para que executem as atividades dentro do hospital”, disse o engenheiro.

O secretário de Saúde, Fernando Máximo, disse que trabalhar com a prevenção é meta da Sesau. “A partir do momento que os profissionais que atuam dentro das unidades passam a conhecer seus problemas e a forma de como eles devem ser evitados, esse adoecimento de alguma maneira terá pouca chance de acontecer. Por isso, nós gestores, damos total apoio a essas ações. A prevenção ainda é o melhor remédio”, destacou Fernando Máximo.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais