Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
08
ago
2020

Indígena da etnia Cinta-larga, morre com suspeita de COVID-19 em Cacoal

O paciente era do município de Espigão do Oeste, e estava internado em Cacoal.
Imagem meramente ilustrativa.

A Prefeitura Municipal de Espigão do Oeste, por meio da Secretaria Municipal de Saúde vem a público informar toda sociedade o falecimento de um paciente por suspeita de Covid-19. O paciente é um indígena da etnia Cinta-larga, da Aldeia 14 de Abril, a aproximadamente 48 km da cidade.

Paciente de 51 anos, diabético e apresentou primeiros sintomas no dia 02 de julho. Teve amostras coletadas para realizar o teste swab para Covid-19. Indígena estava em sua aldeia, quando voltou a sentir-se mal novamente no último sábado(11) e resgatado pela equipe da DSEI, com intuito de ser levado para Cacoal, mas devido seu estado crítico foi solicitado suporte ao município, dando entrada no Hospital Municipal angelina Georgetti por volta das 14:45 horas, permanecendo internado.

Durante essa madrugada, por volta das 03:00 horas o paciente apresentou agravamento em seu estado clínico, sendo intubado e iniciado processo de ressuscitação. Apesar de todo esforço da equipe de atendimento, as 06:40 da manhã desta segunda-feira, 13 de julho, o paciente evoluiu para óbito.

 

Departamento de Comunicação Social

Prefeitura de Espigão do Oeste

Notícias Relacionadas