Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
26
Maio
2020

Indignado, Léo Moraes considera uma piada a redução de 3,7% na tarifa de energia elétrica

O deputado federal Léo Moraes usou as redes sociais para manifestar sua indignação com a proposta de redução da tarifa de energia elétrica anunciada pela ANEEL na tarde de hoje.

Segundo divulgado pela ANEEL, a tarifa de energia irá sofrer uma redução de 3,75%, o motivo da redução anunciada é a quitação de um empréstimo feito em 2014 pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) junto a oito bancos. A agência prever que em 2020 a redução seja de 1,2%.

Ao Portal Espigão, Léo Moraes classificou como desrespeito com Rondônia, que irá continuar sendo um dos Estados com a tarifa mais alta do País. O deputado disse ainda que na próxima terça-feira irá se reunir novamente para tratar de uma redução digna e específica para Rondônia.

Veja abaixo o post do deputado falando sobre o assunto:

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

DESCASO COM RONDÔNIA! Expresso aqui minha indignação com a notícia de que a ANEEL reduzirá a tarifa elétrica em 3,75%, em média, em todo o Brasil. Isso é um DESRESPEITO com Rondônia, que continua tendo uma das tarifas mais altas do país. Não somos playground para os outros estados, que usam da nossa energia, nossa maior riqueza, e não nos devolvem nada. Estive hoje mesmo com o Ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, para deixar claro que isso não é uma vitória e que Rondônia não vai se calar! Já adianto que na terça-feira que vem haverá uma reunião para tratar de uma redução específica para Rondônia, vamos lutar por uma solução. É importante valorizar o esforço de todos que tem lutado pela redução da tarifa, mas a redução de 3,75% é uma derrota para quem tem a riqueza e é pobre. Continuamos na mesma, tendo que decidir entre comprar comida ou pagar a energia. Não podemos aceitar, A LUTA CONTINUA!

Uma publicação compartilhada por Leo Moraes (@deputadoleomoraes) em

Notícias Relacionadas