Publicidade

Campanha Dengue_novembro_desktop

Jovem é conduzido pela PRF por divulgar blitz em WhatsApp; é o terceiro em 3 dias

0
Real Turismo

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite desta segunda-feira (18) um jovem acusado de postar informações sobre ações de fiscalização nas redes sociais em Jaru. K.O.S., de 21 anos, foi preso na BR-364, nas proximidades da Gima, acusado de postar no WhatsApp conteúdo divulgando uma blitz da PRF na rodovia federal.

O jovem recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Hospital Municipal de Jaru para a realização do Exame de Corpo de Delito e posteriormente entregue na Unidade Integrada de Segurança Pública de Jaru, onde foi apresentado para as providencias cabíveis.

É o terceiro caso semelhante ocorrido em Jaru nos últimos três dias em que a Polícia Rodoviária Federal conseguiu identificar os suspeitos de cometer tal crime. No último sábado (16) outro morador de Jaru foi identificado pela mesma prática e deverá responder criminalmente. Na manhã desta segunda-feira a PRF, com apoio de uma guarnição da Polícia Militar, prendeu um homem de 35 anos, também acusado de postar informação de blitz em Jaru.

 

CRIME

Divulgar ações de fiscalização como blitz é crime inafiançável previsto no Artigo 265 do Código Penal Brasileiro, que reza: “Atentar contra a segurança ou funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outra utilidade pública, com pena de reclusão de 1 a 5 anos e multa”.

por Pimentavirtual
da Pimentavirtual

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais