Publicidade

Publicidade

Léo Moraes vota contra o aumento do Fundo partidário

0
Real Turismo

O deputado federal Léo Moraes (PODE) votou contra o projeto de lei que abre uma brecha na legislação para aumentar o
valor do fundo eleitoral para o financiamento da campanha de candidatos a vereador e prefeito no ano de 2020.

Para Léo Moraes essa proposta é inadmissível, principalmente em um momento de crise que o país vem passando.

“No ano de 2018 usamos o fundo eleitoral de forma experimental e agora temos que aperfeiçoar, porém aperfeiçoar não quer dizer que temos que aumentar dessa forma”, disse.

O congressista afirmou que o projeto foi votado de forma apressada, sem os devidos debates dentro da Câmara Federal
e com a sociedade. Além do aumento fundo partidário, essa proposta que flexibiliza os pagamentos de gastos dos
partidos através do mesmo fundo eleitoral.

“Mais uma vez um projeto polêmico foi votado de forma acelerada sem a devida discussão e análise mais aprofundada. Esses recursos poderiam ser muito melhor empregados em soluções de problemas reais que temos enfrentado constantemente como é o caso da saúde, educação ou segurança pública”, afirmou o deputado Léo Moraes.

O texto base da proposta foi aprovado por 263 votos favoráveis a 144 contrários. Nesta quarta-feira (4) o deputado Léo
Moraes participa da votação dos destaques do projeto.

por Assessoria
da Assessoria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais