Publicidade

Mais de três mil servidores estaduais já fizeram a atualização cadastral desde o início da campanha

0
Real Turismo

A meta é atender, segundo a superintendente de Recursos Humanos, Helena Bezerra, cerca de 60 mil servidores.

 004

Mais de três mil servidores de Rondônia entregaram até o final da manhã de quinta-feira (28) os documentos pessoais para atualização cadastral nas agências do Banco do Brasil da capital e interior. A campanha, iniciada no último dia 4 de maio pela Superintendência de Recursos Humanos (Searh), se estenderá até 9 de outubro de 2015.

A meta é atender, segundo a superintendente de Recursos Humanos, Helena Bezerra, cerca de 60 mil servidores, inclusive quem estiver em trânsito, e saber com fidelidade quem são as pessoas que mais necessitam de capacitação para atuarem na gestão do novo modelo de administração pública por competência.

O cadastramento dentro das mesmas cláusulas previstas no convênio anterior assinado com o Banco do Brasil tornará possível a execução pelo governo do maior programa de capacitação e gestão de recursos humanos, que baseia-se em modelos bem sucedidos em Minas Gerais e outros Estados, a partir da busca de novos talentos no próprio serviço público.

Mas é preciso, de acordo com Helena, que o governo se cerque de um diagnóstico com dados fiéis sobre o perfil funcional de cada servidor efetivo ou não, pois com a assinatura em abril de acordos para modernizar, equipar e aparelhar o serviço público é indispensável primeiro investir na capacitação dos quadros, para mais tarde também poder falar em meritocracia.

Até o final do ano, o cruzamento das informações e o diagnóstico deverão estar concluídos, com as ações de capacitação planejadas para às diferentes categorias funcionais. Diferente dos primeiros cadastramentos, quando o servidor é quem manifestava a área de interesse da capacitação, a Searh em parceria com a Diretoria de Tecnologia da Informação da Secretaria de Assuntos Estratégicos (Seae) dará ênfase ao aprimoramento dos conhecimentos do funcionalismo em tecnologia da informação.

A meta é no prazo de 18 meses concluir a capacitação de futuros gestores nessa área e outras para a execução do programa de modernização da administração pública por competência. O método, segundo ainda a superintendente, resultará numa gestão mais eficiente e menos cara.

CAPACITAÇÃO

O Estado vem investindo na capacitação de servidores de algumas Secretarias, mas a recomendação do governador Confúcio Moura é a integração de todas essas ações com o objetivo de melhorar a estrutura de atendimento ao cidadão e das condições de vida do servidor por meio de qualificação profissional.

No primeiro mandato se buscou investir no setor produtivo para o crescimento econômico do Estado, além de corrigir várias distorções salariais e, agora, é o momento de estabelecer as metas para a modernização da “máquina” e a capacitação dos servidores, pois muitos já estão inclusive próximos da aposentadoria e reclamam que nunca receberam esse tipo de atenção por falta de planejamento de outros governos.

As desigualdades causadas pela falta de planejamento atingiram índices inaceitáveis, e não é mais possível que o Estado continue a demorar mais de 200 dias para responder à uma simples consulta funcional do servidor. A orientação do governador é utilizar os recursos orçamentários da Searh na capacitação principalmente de talentos do próprio quadro. “Se a transposição, por exemplo, tivesse se efetivado mais rápido do que o que imaginamos quais os servidores que iriam substituir os nossos aqui nessa Superintendência”, indaga.

Segundo Helena esta é grande missão da Searh, cuja meta é unificar as ações em todos os RHs para que trabalhem sobre a mesma ótica na busca de capacitação dentro dos mesmos padrões, sem perda de tempo e nem desperdício de recursos. Disse que o projeto da nova reforma administrativa já foi encaminhado à Assembleia Legislativa e a meta é dar a cada órgão condições inclusive de remunerar melhor com pequenos ajustes e mesmo teto orçamentário.

QUEM DEVE SE CADASTRAR

Devem entregar os documentos para atualização cadastral todos os servidores ativos, inativos, comissionados, temporários e representantes de pensionistas. Até em trânsito, o servidor ou representante poderá entregar os documentos em qualquer uma das agências bancárias credenciadas, “onde haverá sempre um servidor ou funcionário do banco à disposição para receber”, disse Helena.

Os documentos serão encaminhados pelos postos receptores via malote à Searh com apoio da Emater e Secretaria de Educação (Seduc). Os servidores estão divididos em quatro lotes e deverão apresentar no ato atualização cadastral em média 17 documentos com fotocópias. Os documentos vão desde a carteira de identidade a diplomas e certificados de escolaridade em faculdade e cursos de especialização e conhecimento técnico.

003Integram o primeiro lote, com prazo para entrega dos documentos até 3 de julho e os servidores do Iperon, pensionistas e aposentados, Controladoria-Geral,Procuradoria-Geral, Superintendência de Recursos Humanos, Secretarias de Assuntos Estratégicos, Finanças, Saúde, Planejamento e Orçamento, Agricultura, Justiça, Defesa e Cidadania e Sugespe.

O segundo lote – com prazo de entrega entre 6 de julho e 4 setembro – abrange os servidores das Secretarias da Educação, Ação Social, Desenvolvimento Ambiental, Casa Civil, Casa Militar, Departamento de Obras e Serviços Públicos, Departamento de Estradas e Rodagem, Departamento de Trânsito, Fundação Rondônia, Instituto de Pesos e Medidas, Superintendências de Cultura, Turismo , Licitações, Integração do Governo em Brasília (Sibra) Defensoria Pública, Companhia de Mineração de Rondônia, Junta Comercial, Procon, Sociedade de Portos e Hidrovias, Emater, Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapero), Corpo de Bombeiros, Comando da Polícia Militar e Polícia Ambiental.

No período de 8 a 23 de setembro, poderão fazer a atualização cadastral todos os servidores comissionados e emergenciais das Secretarias e Superintendências. A gerente de Recursos Humanos, Michele Martinez, explicou que nesse período deverão atualizar os documentos todos os comissionados sem vínculo empregatício com o governo.

Compõem a categoria dos servidores com vínculo conjunto e obrigados a fazer a atualização no período de 24 de setembro a 9 de outubro, os funcionários do quadro ativo e que também recebem pensão de parentes.

Os aposentados e pensionistas deverão procurar diretamente o setor de atualização cadastral no Iperon, onde uma equipe já realiza esse tipo de atendimento especial. Outras informações podem ser obtidas por meio do endereço www.atualizacaocadastral.ro.gov.br ou ainda pelos telefones , 3216-1011, 3216-1004 voip 3679, 3680,3681 e 3682 e consulta via o e-mail [email protected]

Fonte: tudorondonia

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais