Publicidade

Publicidade

Médico boliviano é preso em RO suspeito de estuprar 12 pacientes

0
Real Turismo
Prisão aconteceu no início da tarde deste sábado (19), em Guajará-Mirim. Vítimas são de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, e têm entre 15 e 30 anos.

Um médico boliviano foi preso no início da tarde deste sábado (19) em Guajará-Mirim (RO), município a 330 quilômetros de Porto Velho. Roberth Mendoza Guzman, de 48 anos, é suspeito de ter estuprado ao menos 12 pacientes que têm entre 15 e 30 anos. Vítimas são de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

O cirurgião foi detido por agentes da unidade especializada de fronteira e por policiais militares do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), de Rondônia. A polícia não revelou quais foram as circunstâncias em que o médico foi detido.

Em seguida, Roberth seguiu à Delegacia da Polícia Federal da região. Ele era procurado pela polícia nacional boliviana desde o ano passado. O G1não conseguiu contato com o médico e não há informações sobre o advogado de defesa do suspeito.

Roberth Mendoza Guzman era procurado pela polícia boliviana desde 2018. — Foto: Divulgação/Polícia boliviana

Um médico boliviano foi preso no início da tarde deste sábado (19) em Guajará-Mirim (RO), município a 330 quilômetros de Porto Velho. Roberth Mendoza Guzman, de 48 anos, é suspeito de ter estuprado ao menos 12 pacientes que têm entre 15 e 30 anos. Vítimas são de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

O cirurgião foi detido por agentes da unidade especializada de fronteira e por policiais militares do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), de Rondônia. A polícia não revelou quais foram as circunstâncias em que o médico foi detido.

Em seguida, Roberth seguiu à Delegacia da Polícia Federal da região. Ele era procurado pela polícia nacional boliviana desde o ano passado. O G1não conseguiu contato com o médico e não há informações sobre o advogado de defesa do suspeito.

por G1 RO
da G1 RO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais