Publicidade

Publicidade

Medida Provisória que cria o programa Médicos pelo Brasil será relatada pelo senador Confúcio Moura

0
Real Turismo

Com a presença do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o Congresso Nacional instalou nessa quarta-feira (21), a comissão mista para analisar a Medida Provisória (MP) 890/2019, assinada pelo presidente da República, em 1º de agosto, que cria o programa Médicos pelo Brasil. O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB/PR) foi eleito presidente, e o senador Confúcio Moura (MDB-RO) será o relator.

A Medida Provisória será apreciada em conjunto pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, e substituirá o Mais Médicos, criado em 2013. De alcance nacional, o programa atendeu distritos e comunidades isoladas, onde não havia médicos. Com a saída dos cubanos, essas regiões ficaram desguarnecidas.

O novo programa seguirá com a premissa de interiorizar o atendimento médico pelo país, especialmente nas regiões remotas, prestando serviços de atenção primária do Sistema Único de Saúde (SUS).

Como relator da matéria, Confúcio Moura ouvirá os parlamentares da comissão, a fim de construir uma nova proposta da medida provisória. O senador pretende entregar o relatório até o dia 27 de setembro.

“Essa MP vem com uma importância enorme, porque os prefeitos não têm condições de cuidar das comunidades mais distantes. Rondônia, particularmente, é um estado muito grande”, explicou.

Uma das inovações do Médicos pelo Brasil é a contratação dos profissionais pelo regime de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Até então, os contratos eram temporários de até três anos. O valor do salário, atualmente em R$ 11,8 mil, também deve aumentar. Estão previstas gratificações de acordo com o local de lotação. A expectativa é de oferecer aproximadamente 18 mil vagas em todo o país.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais