Publicidade

Publicidade

Militares de Ji-Paraná recebem kit mobilie que promove maior agilidade e segurança em ocorrências policiais

0
Real Turismo

A entrega de 35 kits mobile ao efetivo do 2º Batalhão da Polícia Militar em Ji-Paraná ocorreu em solenidade na Câmara Municipal durante assinatura de ordem de serviço para implantação do esgotamento sanitário, na segunda-feira (10). Os equipamentos foram entregues pelo governador Daniel Pereira ao anunciar que até o final deste mês 100% da Polícia Militar receberá os dispositivos eletrônicos capazes de agilizar os atendimentos em ocorrências policiais.

O kit mobile é composto por um tablete com impressora mais câmera de vídeo e som (body cam), que serão utilizadas pelos militares acopladas à farda proporcionando a captura de imagens e sons no ato do atendimento às ocorrências. Este equipamento é similar aos utilizados por policiais da Europa e assegura qualidade de áudio e imagem mesmo em local com baixa iluminação.

“Essa tecnologia é do mesmo modelo adotado pela polícia do estado de Santa Catarina. E Rondônia é o único estado brasileiro em que essa ferramenta está ligada diretamente por sistema digital e que envia imediatamente cópias para os órgãos envolvidos”, destacou o governador Daniel Pereira, no ato da entrega simbólica dos dispositivos eletrônicos.

No ato da ocorrência, seja de trânsito ou de qualquer outra natureza policial, o boletim é enviado automaticamente ao Detran, às polícias civil e técnica, respectivamente. A facilidade adotada a partir de agora elimina os antigos boletins de ocorrências manuscritos e ou digitados provocando celeridade ao serviço e o fim de gastos com papéis e impressões.

Para o comandante do 2º Batalhão, o coronel Sena, 90% dos policiais já passaram pelo treinamento para utilizar o apetrecho tecnológico. “Além de proporcionar agilidade na comunicação de dados entre os órgãos envolvidos, esse sistema protege tanto o policial quanto o acusado ou a vítima na elaboração das ocorrências”, elogia a funcionalidade do kit mobile, destacando que a câmara grava a ação desde a abordagem do policial ao fim das tarefas registrando todo o ato.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais