Publicidade

Publicidade

Ministro da Educação admite cursos superiores em Jaru

0
Real Turismo

O ministro da Educação José Mendonça Bezerra Filho admitiu que o município de Jaru, localizado a 290 quilômetros de Porto Velho, pode receber cursos de nível superior voltados para  a agropecuária. O pedido foi feito por parte da bancada federal do estado que foi ao município, na sexta-feira (12), para a inauguração do bloco administrativo do Instituto Federal de Rondônia (Ifro).

Os cursos, segundo o ministro, dependem da apresentação da viabilidade técnica, pelo Ifro, e  suporte da bancada federal.  “O sonho pode tornar-se realidade”, disse Mendonça Bezerra Filho  acrescentando que é sensível aos pedidos.

Contemporâneo do ministro no período em que foi deputado federal, o governador Confúcio Moura disse que o investimento em educação é o melhor que pode ser feito e chamou de heróis os prefeitos que lutam todos os dias para oferecer transporte escolar digno aos estudantes.

TRANSPORTE

Confúcio explicou a Mendonça Bezerra Filho que na região sudeste a questão do transporte escolar tem outra realidade, porque as estradas são asfaltadas e as cidades são próximas uma das outras.

“Aqui é diferente”, acrescentou o governador, que apontou como exemplo o município de Jorge Teixeira, que tem três mil quilômetros de estadas vicinais, por onde os ônibus têm que circular levando e trazendo estudantes. Outro caso emblemático de distância a ser percorrida, disse ainda o governador, é o município de Costa Marques, na fronteira com a Bolívia: “o prefeito se vira para atender as escolas urbanas e rurais”.

O ministro Mendonça Bezerra Filho, segundo Confúcio Moura, honrou o município de Jaru com a visita e demonstrou que tem compromisso com a educação.

Confúcio disse que o governo estadual investe R$ 100 milhões em educação nos municípios porque os prefeitos não têm dinheiro suficiente para atender a demanda. O investimento no setor, acrescentou o governador, é a esperança de que o estado se desenvolverá ainda mais.

CRISE

“Ministro, o senhor está pisando numa terra abençoada. Rondônia ainda será um exemplo para o país”, previu o governador, que fez uma análise da crise financeira do pais para argumentar em seguida que o estado passa por um momento diferenciado. “Aqui, a crise é diferente. Temos crescimento positivo e a força vem do campo, da iniciativa privada”, disse entre aplausos.

Ao encerrar o discurso, o governador agradeceu ao ministro pelo apoio ao Ifro e comentou que o instituto vai receber estudantes de famílias pobres, com ensino gratuito que poderá resultar em carreiras vitoriosas no futuro.

Além de inaugurar o bloco administrativo do campus avançado do Ifro, o ministro revelou que encomendou à sua equipe técnica que providencie  para que o campus se torne definitivo. Ele também assinou termo transferindo R$ 650 mil para melhorar a estrutura da instituição.

A passagem do ministro por Jaru levou para o Ifro caravanas de prefeitos, vereadores, além de deputados federais e os três senadores do estado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais