Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
21
set
2020

Não foi por falta de aviso: Água e barro invade casa de moradora da Rua Goiás em Espigão do Oeste

Na tarde de  hoje (13/09) após a abençoada chuva que caiu em Espigão do Oeste, dona Marta Maria Amorim viu seus temores virarem realidade, ela que assim como todos os moradores daquele bairro estão felizes com a chegada do tão sonhado asfalto, no entanto como a própria dona Marta nos falou  nem tudo é alegria.

Segunda ela a dias vinha falando com os engenheiros e funcionários da empresa que está executando a obra ali no seu bairro, quanto ao acúmulo de terra e barro em frente as residências, e ela dona Marta conhecedora que é do bairro onde mora, disse que por diversas vezes alertou os responsáveis da obra que aquele ponto em especifico, passava sempre um grande volume de água quando chovia, e poderia ter problemas quando chegassem as chuvas.

Pois bem, os temores se tornaram realidade, e na primeira chuva mais forte e constante que aconteceu, ela soube por telefone que a lama e piche do asfalto teriam invadido a sua residência.

Estavam na casa no momento da chuva sua nora e seu filho, que nada puderam fazer para evitar o grande volume de água, barro e pinche que invadiu a residência.

Chegando ao local, uma equipe da Semosp com uma retroescavadeira estavam retirando barro que estava dentro da propriedade da dona Marta.

A vizinha de baixo da Dona Marta, também teve sua área invadida pelo barro. Ao que tudo indica a empresa fechou a valeta por onde corria a água fazendo com que o volume de água passasse por cima da valeta e entrasse pelas casas, a barreia de barro colocada na frente das casas talvez para conter a água só piorou a situação.

Não tinha nenhum responsável pela obra no local para dar esclarecimentos quanto a falta de planejamento adequado na execução da obra, o que poderia evitar este tipo de transtorno para os moradores, tendo em vista que não é a primeira vez que situações assim acontecem.

Afinal existe de fato planejamento para estas obras, ou se confia no tempo seco e na ajuda de Deus para que não venha chuva? 

Veja Abaixo fotos e vídeo:

Fonte: Portal Espigão

Notícias Relacionadas