Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
21
jul
2021

Novo Centro Integrado de Comando e Controle vai modernizar as ações do atual Ciop na Segurança Pública em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), se prepara para inaugurar em breve a estrutura do Novo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) que vai modernizar as ações do atual Centro Integrado de Operações (Ciop) no atendimento à população na área da Segurança Pública.

Segundo o secretário da Sesdec, Cel. Hélio Cysneiros Pachá, “o CICC vai passar a integrar toda a estrutura do Ciop, que inclui hoje a Polícia Militar de Rondônia (PMRO), Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO) e a Polícia Civil (PC), além de outros órgãos federais, estaduais e municipais, de acordo com a necessidade do Estado”, destacou o secretário.

De acordo com o diretor do Ciop, Major Clivton Reis, “atualmente no prédio da antiga Sesdec, localizado na Avenida Imigrantes com Governador Jorge Teixeira, estão concentrados todos os atendimentos dos canais 190, 193 e Polícia Civil, além do videomonitoramento e apoio nas ocorrências registradas por meio do sistema Siseg (Sistema Integrado de Segurança – plataforma Mobile), que dão mais agilidade, diminuindo o tempo de resposta no serviço prestado pela Sesdec à população”, salienta o diretor do Ciop.

CIOP EM NÚMEROS

Somente no primeiro semestre deste ano, foram recebidas pelo Ciop um total de 53.988 ligações, sendo registradas 42.547 ocorrências pela PMRO; e 3.065 pelo CBMRO, 4.007 orientações ao público; 4.369 trotes totalizando, então, a média de 300 atendimentos por dia em ocorrências de roubo, ameaça, acidente de trânsito, uso de entorpecente, lesão corporal, furto em residência, vias de fato, perturbação do sossego, embriaguez na direção, tentativa de furto, roubo de veículo, dentre outros.

PVSA

No local, o atendimento não para. Os policiais se revezam em regime de escala de plantão, durante as 24 horas. Ao ligar para o Ciop, o cidadão primeiro é atendido por um Prestador Voluntário de Serviço Administrativo (PVSA), que repassa aos policiais militares, bombeiros militares e policiais civis, que despacham as viaturas para o local.

Nas ocorrências que exigem maior complexidade e detalhamento, um policial militar chefia a equipe dos prestadores voluntários, com respaldo para uma demanda de maior gravidade. A Prestação Voluntária de Serviço Administrativo iniciou em 2017. “Hoje 41 jovens atuam no Ciop, em escalas de 6 horas diárias, no atendimento na central de emergência, com o videomonitoramento, no setor administrativo, na portaria e com a assessoria de tecnologia da informação”.

INTEGRAÇÃO

O avanço na tecnologia já é uma realidade em todas as instituições de segurança pública (Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Miliar, Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica-Politec) desde 2018 com o sistema Siseg. “Com os tabletes, que chamamos de tecnologia embarcada, integramos o processo de registros de ocorrências, na visualização em tempo real do mapa Sysciop, com a localização das guarnições, e envio de viaturas pela sistema Mobile para o local correto, bem como o despacho de ambulância ou perícia. Dessa forma evitamos os congestionamentos de utilização de rádio, assim como outras facilidades, acompanhar a própria ocorrência pelo despachador e complementar com dados, visualizar foto de quem está operando o Mobile na rua, facilita para o Ciop e para as guarnições atuantes nas ruas”, complementou o diretor.

NOVO CICC

O videomonitoramento de ruas e avenidas da cidade é feito durante 24 horas no Ciop, permitindo a elucidação de ocorrências a partir das filmagens. Flagrantes, como o uso de entorpecentes ou acidentes de trânsito, são visualizados pelos servidores e, posteriormente, colaboram como prova e suporte no processo de investigação.

Ainda de acordo com o secretário da Sesdec, coronel Pachá, em breve com a inauguração do novo CICC, totalmente tecnológico, “a Sesdec vai integrar outras forças de segurança não só na nova sala de Vídeo Wall (parede de vídeo), com mais monitores e geradores de energia, mas também na Sala de Crise, que também conta com uma Vídeo Wall para solucionar ocorrências de grande repercussão que exigem uma integração maior”, destacou o secretário, informando ainda que a Sesdec já está planejando a expansão do CICC, cujo projeto já está em fase de conclusão para iniciar a licitação.

Fonte: Governo de Rondônia

Notícias Relacionadas