Publicidade

Publicidade

Publicidade

Obra no Beira Rio Cultural indica Ji-Paraná como destaque na rota do turismo rondoniense

0
Real Turismo

Com a previsão de ser entregue à população em setembro, as obras de revitalização do Beira Rio Cultural, em Ji-Paraná dão indicativos de que a cidade vai reforçar a rota do turismo em Rondônia. A ampla praça gera a expectativa de se tornar o principal cartão postal de Ji-Paraná, com estimativa de alavancar o turismo e aquecer a economia.

“Estamos na reta final na estruturação dos pilares que receberão os pergolados”, avisa o mestre de obras Lírio Paganini, responsável pelas obras que estão sendo executadas pela JRP Engenharia, de Cacoal. A revitalização da praça, de 6 mil metros quadrados, oferece um restaurante, dois quiosques, banheiros públicos, estacionamentos e paisagismo.

A praça está localizada nas margens do rio Machado e proporciona paisagem deslumbrante, especialmente no horário do sol poente. Toda a área está recebendo serviços paisagísticos.

Pelo cronograma das ações, o calçamento deve ser concluído na  terceira semana de julho. Os quiosques e restaurante estão em fase de finalização em acabamento interno. Já as instalações hidráulicas e elétricas, bem como o posteamento estão prontos para ganhar as luminárias garantindo os passeios no local, em horário noturno.

PLANTIO

A última tarefa, segundo Lírio Paganini, é o plantio de árvores, gramas e flores. “O plantio deve ser realizado ao final de toda construção civil assegurando a beleza natural das plantas, já que na ocasião dá-se o início da chuva amazônica”. Para cumprir ao cronograma, Paganini informou que foram contratados mais pessoas com mão de obra especializada para concluir os serviços.

Na sexta-feira (12) o secretário regional de governo, Everton Esteves fez uma vistoria na obra acompanhado do engenheiro Carlos Morais, da 8ª Residência do Departamento de Estradas de Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), órgão do governo estadual contratante da revitalização da praça.

“É o resgate da autoestima da população e, ao mesmo tempo, um mecanismo impulsionador da economia e do turismo. Ao ser entregue, a praça passa a ser um dos principais atrativos turísticos”, avalia o secretário Everton Esteves.

Para o engenheiro do DER, a obra segue dentro dos padrões técnicos exigidos no contrato. “A qualidade do material empregado é de qualidade e teremos um resultado espetacular ao final do serviço”, conclui.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais