Publicidade

Publicidade

Publicidade

Patente da Google revela dispositivos que transformam nossos olhos e dentes em controles remotos

0
Real Turismo

Uma patente da Google revela que a companhia não tem trabalhado somente em lentes de contato inteligentes, mas parece haver todo um projeto de dispositivos montáveis que poderemos usar em outras partes do corpo – como por exemplo, os dentes. O detalhe que chama a atenção, no entanto, é que o foco desses acessórios não é concentrado tanto em saúde, mas sim em interface de usuário para outros dispositivos. Ou seja, ao invés de apenas medir níveis de glicose, como é o caso das lentes de contato que vimos anteriormente, em breve poderemos usa-los para mudar o canal da televisão e controlar smartphones.

Lentes inteligentes

A nova patente que se refere às lentes de contato, projeto que começou a ser apresentado em 2012 por Babak Parviz, um dos líderes da equipe do Google Glass, agora descreve um dispositivo ocular capaz de reconhecer gestos, piscar de olhos, movimentos com a cabeça, mudança do olhar e padrões de movimentos do corpo – com base em uma alteração detectada de energia radiante recebida através do sensor de luz.

O dispositivo agora conta com um sensor de luz de requisitos de baixo consumo de tal forma que possa ser mantido apenas com energia solar. Ele também poderá ser capaz decomunicar a um dispositivo externo de leitura, como um smartphone, os níveis de energia radiante recebidos pelo dispositivo ocular. Além disso, estas lentes podem alterar os estados de outros dispositivos com base na entrada de dados. Entrada de energia, neste caso – luz.

Um exemplo de aplicação que o dispositivo pode oferecer com sua capacidade de operar dispositivos externos de acordo com um padrão pré-determinado, é quando um usuário fechar os olhos por muito tempo. Nesse caso, as lentes de contato poderão informar à casa inteligente para apagar as luzes.

Dentes inteligentes

Além das lentes de contato, a Google também descreveu alguns detalhes sobre um dispositivo para o corpo, por exemplo, os dentes. A patente fala sobre um material de polímero com os mesmos recursos que podem ser disponibilizados nas lentes, mas agora na arcada dentária.

Da mesma forma, esses dentes inteligentes não visam apenas fins de saúde, mas eles são capazes de lidar com uma variedade de dados e conexões com outros dispositivos. As patentes da gigante sugerem que esses dispositivos montáveis poderiam ser sensíveis o suficiente para enviar um sinal com um gesto tão pequeno quanto um piscar de olhos.

008

A patente também menciona os mesmos tipos de dispositivos para a pele, e diz que todos eles podem ser capazes de operar dispositivos externos por “transmissão sem fios de um ou mais sinais a um computador pessoal, tablet, celular, console de videogame, televisão e/ou algum outro dispositivo de computação.”

Fonte: tudocelular

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais