PC prende bandidos que roubaram carro de motorista de App na capital

Os bandidos vão ser recambiados para Porto Velho

0
Real Turismo

Nesta data terça-feira (14), desde a madrugada, os policiais lotados no Núcleo Integrado de Inteligência de Fronteira – NIIF/UNESFRON e SEVIC/PC, tomaram conhecimento da prática de alguns roubos de veículos ocorridos na cidade de Porto Velho/RO na noite do dia anterior, especialmente o roubo de um veículo Fiat Mobi de cor vermelha, placas OHU-8034, razão pela qual os policiais vinham se revezando na BR 425, realizando barreira e abordando veículos diversos próximo da entrada da cidade no intuito de identificar e recuperar veículos roubados.

Ocorre que na manhã do presente dia os policiais do NIIF ao efetuarem diligencias pelos portos comumente utilizados para travessia de veículos para a Bolívia e fazer contatos com colaboradores no intuito de tentar localizar referido veículo, foi apurado pelos policiais que possivelmente o veículo em questão ainda não havia chegado até essa a cidade de Guajará-Mirim, e, que ainda poderia estar a caminho pela Rodovia BR 425.

Deste modo, os policiais se dirigiram para a BR sentido Guajará/Nova Mamoré, onde foi avistado pelos policiais, cerca de 20
km distante de Guajará-Mirim um automóvel com as características do veículo em questão, todavia o mesmo se encontrava sem a placa dianteira, sendo possível confirmar a placa do mesmo quando este passou pelos policiais, os quais retornaram de imediato e foi iniciado o acompanhamento do mesmo, frisa-se que as VTR’s estavam com sinais luminosos e sonoros ligados e mesmo com ordem de parada o veículo seguiu por aproximadamente 5 km,
quando então pararam as margens da Rodovia e ao realizar buscas pessoais e no veículo, de pronto foi localizado numa bolsa que estava com o carona (conduzido Anderson), entre peças de roupas, um revólver de marca Custer, modelo calibre 22 largo, numeração aparente AF 130364 com capacidade para 10 (dez) cartuchos, contendo 9
(nove munições intactas). O motorista do veículo era o conduzido FRANCISCO e no banco de trás o conduzido
Éricles.

Questionados acerca do roubo o conduzido Anderson confessou que quem praticou o roubo foi ele e o
Francisco, os quais chamaram o motorista através de um aplicativo e combinaram uma corrida, e em
determinado momento renderam o motorista e com uso de arma de fogo mandaram que ele seguisse até o bairro
Vila Princesa na saída de Porto Velho, onde se encontrava o conduzido Éricles. O proprietário do veículo foi
abandonado próximo do lixão, momento em que Francisco assumiu a direção do veículo e os três (03)
conduzidos seguiram pela BR 364 sentido Guajará-Mirim. Ressaltamos que no momento da abordagem os
conduzidos largaram o veiculo as margens da rodovia e empreenderam fuga pela lateral da via, pulando cercas de
uma fazenda, sendo alcançados cerca de 70 a 80m adiante, onde houve resistência pelos conduzidos, e necessário a utilização de técnicas de imobilização e uso moderado da força para contê-los e utilizando algemas.

Fonte: Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais