Publicidade

Pimenta Bueno, Ouro Preto e Espigão passam a contar com posto da Junta Comercial de Rondônia

Real Turismo

Os municípios de Ouro Preto do Oeste, Espigão do Oeste e Pimenta Bueno passam a contar com posto de atendimento da Junta Comercial de Rondônia (Jucer), que em parceria com as prefeituras está facilitando a vida do empresário destas regiões.  Os termos de cooperação foram assinados na quinta-feira (1) pelos prefeitos Vagno Panisoly, Nilton Caetano e Juliana Roque respectivamente, vice-governador Daniel Pereira e presidente da junta Vladimir Oriani.

Com 3.614 empresas em atividade, Pimenta Bueno ocupa hoje o 8º lugar no número de empresas em Rondônia, e o 6º lugar no número de empresas abertas no último ano, 2017.  Foram 273,  em Ouro Preto foram 302 e em Espigão do Oeste ocorreu a abertura de 175 empresas.

O presidente do Conselho de Contabilidade de Pimenta Bueno, Levi da Silva, disse que o poder publico tem de tornar mesmo o ambiente favorável ao comércio e à indústria. “Hoje ser empresário é ser herói. É preciso criar formas de facilitar a vida das empresas”, disse.

Na mesma linha, o presidente da Associação Comercial e Lojistas de Pimenta Bueno Adolfo César Batista disse que iniciativas como as do governo de Rondônia e prefeitura, que firmaram o termo para permitir a instalação da Jucer, contribuem para tornar o ambiente empresarial bom para investimentos. “Quando isso acontece a economia gira, gera trabalho, que por sua vez gera dignidade para o ser humano”, completou.

A meta do governo de Rondônia, segundo o vice-governador Daniel Pereira, é que a Junta Comercial e o Instituto de Identificação cheguem aos 52 municípios, com postos instalados em parceria com as prefeituras. Com os últimos 11 pontos entregues, onde serão realizados procedimentos no sistema EmpresaFácil RO, a Junta Comercial chega a 22 municípios.

A carteira de identidade já é possível requisitar em 45 municípios, e o vice-governador Daniel Pereira acredita quem em noventa dias haverá o serviço em todos os municípios de Rondônia.

O prefeito de Ouro Preto do Oeste, Vagno Panisoly, disse que o posto da Jucer trará comodidade aos empresários, que não precisarão mais se deslocar a Ji Paraná para abrir empresa, e que sua gestão tem dado atenção no sentido de facilitar a vida de quem deseja empreender. “Temos parceria boa com o Sebrae, que está cadastrando muitas microempresas”, disse. Ele  declarou que já iniciou com o governo estadual o processo para se instalar posto para emissão de carteira de identidade em breve.

O presidente da Junta Comercial de Rondônia, Vladimir Oriani, disse que houve grande avanço em Rondônia na direção de facilitar a vida do empresário. “Tenho 40 anos de contabilidade. Sei dos problemas dos empresários. Se perguntarem a eles o que pensam do Estado brasileiro, dizem que é seu inimigo. Em São Paulo são mais de 100 dias para abrir uma empresa. Em Rondônia em até dez minutos se consegue todas as licenças para trabalhar”, disse.

Segundo Oriani, o projeto de expansão da Junta vai continuar, e afirmando ser o vice-governador Daniel Pereira “um homem de atitude, também à semelhança do governador Confúcio Moura com visão municipalista”, esse trabalho será ainda mais fácil.

por Secom Governo
da Secom Governo

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais