Publicidade

Polícia Militar lança operação na fronteira e em Porto Velho

Real Turismo

A Operação Saturação de Segurança Pública foi lançada ontem (11/4), em Porto Velho, no Quartel do Comando Geral. De acordo com o comandante- geral da PM, coronel Ronaldo Flores, é uma atividade de Polícia Ostensiva direcionada e singular, que visa o combate específico do tráfico de drogas, e dos crimes contra o patrimônio, em especial o roubo e o furto, entre eles os de veículos, delitos estes que despontam como os de maior incidência em Rondônia. “Esta medida tem por objetivo desarticular o crime e aumentar o combate a criminalidade, prendendo os marginais e oferecendo para a comunidade a paz social”, afirma.

Devido a ampla área de fronteira, o estado de Rondônia é porta de entrada de ilícitos, como drogas e armas, que abastecem o mercado interno e até mesmo o de outros países na Europa e Ásia.

O Estado pode ser dividido em duas fronteiras, a fronteira norte, que vai da confluência do Rio Cautário até o final da Ponta do Abunã, perfazendo 642 km e a fronteira sul que compreende o restante do Estado, indo da confluência do Rio Cautário até a foz do Rio Cabixi com o Rio Guaporé completando os 1342 km de fronteira com a Bolívia, em sua totalidade por via fluvial.

Concentra a capital Porto Velho de 50 a 80 % dos crimes ocorridos no Estado, e por isso se faz necessário uma medida de austeridade, assim como na região do eixo da BR 425, que é um grande corredor de mercadorias ilícitas.

Plano

O plano é saturar pontualmente os locais estratégicos robustecendo a estrutura de resposta ao crime, prendendo criminosos e inviabilizando o mercado de delitos.

Na capital,  será utilizada toda força policial – Guarnições de Força Tática do 1º e do 5º BPM, do Choque, das motocicletas da Operação Cavalo de Aço, das Guarnições da Companhia de Transito (que deverão ter o foco mais voltado ao crime do que as ações de polícia de trânsito) e das Guarnições do Batalhão de Polícia Ambiental.

Fronteira

Na área do 6º BPM será desencadeada no mesmo horário uma ação com duas Guarnições da Unesfron de Guajará-Mirim e duas Guarnições da 3ª Companhia em Nova Mamoré, fecharão um circulo de 24 horas ininterruptas na BR 425, com patrulhamento e barreiras visando drogas, armas e veículos produtos de furto e roubo que por ali tomam passagem para a Bolívia.

por Secom Governo
da Secom Governo

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais