Publicidade

Publicidade

Publicidade

Polícia prende grupo que comandava tráfico e homicídios em distrito de Porto Velho

Mandados foram cumpridos em Extrema, distrito da capital. Armas e drogas foram apreendidas.

0
Real Turismo

Vários suspeitos foram presos no distrito de Extrema, a 329 quilômetros da área urbana de Porto Velho, através da Operação Ultimato, deflagrada nesta terça-feira (13). Segundo a Polícia Civil, o grupo comandava o tráfico de drogas e homicídios praticados por uma organização criminosa.

Os mandados de prisão, expedidos pela Justiça Estadual, foram cumpridos nas primeiras horas da manhã.

A Operação Ultimato é feita por por intermédio do Departamento de Polícia Metropolitana (DEPOM) e 2ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Velho.

O distrito de Extrema fica próximo da divisa com o Acre, a mais de 320 quilômetros da área urbana de Porto Velho.

À Rede Amazônica, a delegada Alessandra Paraguassu contou que a investigação começou há três meses.

Desde janeiro, o distrito teve sete homicídios e todos eles estavam ligados ao tráfico, pois o grupo controlava a entrada de drogas na região. As mortes eram uma forma de ‘queima de arquivo’.

Até por volta de 11h (local), a Civil divulgou que prendeu sete suspeitos do grupo, incluindo o líder da organização criminosa. Armas, drogas e moto foram apreendidas na ação.

Os presos em Extrema serão transferidos para Porto Velho nesta terça. Mais de 60 policiais participaram da operação.

por G1/RO
da G1/RO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais