Publicidade

Publicidade

Publicidade

Porto Velho sedia treinamento para instrutores de trânsito e profissionais de Centros de Formação de Condutores

0
Real Turismo

Assim como ocorreu em Ji-Paraná no mês de julho, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) está realizando nesta semana, de 5 a 7, na sede do Instituto Federal de Educação (Ifro), em Porto Velho, o treinamento de atualização extraordinário, dirigido aos Instrutores de Trânsito e outros profissionais ligados aos Centros de Formação de Condutores, visando aprimorar a formação, bem como elevar os índices de aproveitamento nos cursos teóricos e práticos realizados pelos mesmos.

De acordo com o diretor técnico de Habilitação e Medicina do Trânsito da autarquia (DTHMET), Hassan Mohamad Hijazi, é preciso esclarecer que o objetivo do treinamento é aprimorar e melhorar a prestação de serviços, sem qualquer intenção de penalizar quem quer que seja. “Pelo contrário, queremos estreitar mais nossas relações e ampliar a parceria, por um trânsito mais humano e com baixos índices de violência”.

O diretor explicou que o projeto de treinamento, na verdade, atende ao que estabelece a Resolução do Conselho Nacional de Trânsito – nº 358/2010, que em seu art. 11, §3º estabelece as diretrizes básicas acerca da renovação do credenciamento dos CFC, sendo levado a efeito pelo Detran Rondônia, por meio da Portaria nº 1406/2012/GAB/DETRAN/RO, art. 14, com a orientação e aval do diretor-geral do Detran, Neil Gonzaga, que defende a aplicação dessas normas e de todas as iniciativas da área pedagógica como meios adequados para educar e para construção de um trânsito responsável e de baixos índices de acidentes e mortes.

Hijazi fez ver que as disposições da Portaria do Detran têm toda similaridade com o dispositivo legal do Contran, que prescreve: “persistindo o índice de aprovação inferior ao estabelecido no “caput” deste artigo, após decorridos 3 (três) meses, os instrutores e os diretores do CFC deverão participar de treinamento de reciclagem e atualização extraordinários sob a responsabilidade do Detran”.

De acordo com o controlador Regional de Trânsito Detran, Francisco Carlos Nascimento, que também coordenou o treinamento em Ji-Paraná de 23 a 25 de julho, este projeto vem sendo realizado em forma de oficinas com orientações didático-pedagógicas, e aspectos psicológicos da aprendizagem e avaliação no trânsito. Ele disse ainda que há um trabalho visando a reformulação do banco de questões teóricas e de alteração do manual de exame, para este semestre.

Em suas palavras na abertura do treinamento, o titular da DTHMET lembrou quer pelo menos 28 autoescolas poderiam ser descredenciadas, por não atingirem o índice mínimo de aprovação, e que este fato justifica perfeitamente a realização do curso. “Não estamos aqui para punir ninguém”, disse Hijazi, destacando a importância de se recuperar o papel das autoescolas e resgatar o sentimento de parceria com a autarquia e com a sociedade.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais