Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
06
out
2021

Prefeitura Municipal firma parceria para Implantação de Coleta Seletiva em Espigão do Oeste

Na manhã desta terça-feira (05), o Prefeito Wéliton Pereira Campos esteve recebendo em seu gabinete a Secretária do Meio Ambiente Natalia Martins, juntamente com o Presidente da COOCAMARJI Celso Luiz, para tratar sobre a implantação da Coleta Seletiva no Município de Espigão do Oeste.

Desde o inicio do Mandato, a Administração vem realizando parcerias de inclusão com a Associação de Catadores. A partir de agora, está firmado um contrato com a Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Ji-Paraná (COOCAMARJI), no qual continua estabelecendo parcerias com os catadores para estar prestando serviços na coleta seletiva local.

Nos próximos dias a Associação de Catadores estará visitando as residências, entregando informativos e sacolas para separação de lixo úmido e seco, onde será de extrema importância que cada família separe o seu lixo.

São classificados como lixo seco: materiais como papel, plástico, metal e vidro, seguidos por embalagens de papelão, potes, garrafas, pregos e latinhas, jornais e até as carcaças de materiais eletrônicos e eletrodomésticos.
O lixo úmido é todo tipo de material que não possui mais utilização, como: restos de comida, bitucas de cigarro, papéis sujos, fraldas descartáveis e outros lixos produzidos dentro da sua residência.

O gerenciamento de Resíduos Sólidos em Espigão do Oeste, que é uma determinação da Lei 12.305 da Política Nacional de Resíduos Sólidos, será de grande avanço, já que todo município deve implantar a coleta seletiva e incluir os catadores em prestação de serviços locais.

A Administração vem buscando cumprir a Lei e oferecer constantemente melhorias de forma integral. Com isso pedimos a participação e colaboração de todos os moradores para receber os catadores, que estarão trabalhando em horário distinto da coleta convencional.

Uma cidade bonita e limpa é sinal de moradores conscientes e responsáveis com a saúde pública e com o meio ambiente.

Fonte: DECOM

Notícias Relacionadas