Presos do regime semiaberto tentam fugir de Colônia Penal de Vilhena, RO

0
Real Turismo

Sete presos do regime semiaberto tentaram fugir da Colônia Penal de Vilhena (RO), distante 700 quilômetros de Porto Velho, na noite de segunda-feira (22). Os apenados retiraram um bloco de tijolo de uma das camas da Ala 4 e quebraram parte da parede com o material para fugir. A ação dos presos foi percebida pelos agentes penitenciários da unidade e a Polícia Militar também foi acionada para ajudar a conter a tentativa de fuga.

De acordo com o diretor de segurança da unidade, Flávio Araújo Miranda, ao quebrar a parede da cela, o objetivo dos detentos era ter acesso ao pátio da colônia e depois pular o muro. O diretor explica que os apenados da Ala 4 são homens que não conseguem cumprir a pena no regime semiaberto. “Eles são presos que não conseguem arrumar emprego em 10 dias, quando colocada a tornozeleira eletrônica. Todos estes estavam aguardando a decisão do juiz sobre o que ia ser feito com eles”, relata.

Por medida de segurança, os sete presos que participaram da tentativa de fuga foram transferidos para a Casa de Detenção de Vilhena, que, segundo Miranda, possui mais segurança que a Colônia Penal. “Aqui não temos seguranças, pois nem são celas. Aqui não foi feito para comportar preso, pois os presos só vêm para dormir”, explica. A direção da unidade está investigando agora quem foi o líder do movimento na Colônia.

A Colônia Penal de Vilhena possui atualmente 110 pessoas cumprindo pena no regime semiaberto, entre homens e mulheres.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais