Professor suspeito de abusar de alunas em escola se apresenta à polícia em RO

Real Turismo

O professor Antônio Lima Fidelis, de 64 anos, se apresentou à Polícia Civil na manhã desse sábado (14), acompanhado por advogado, em Colorado do Oeste (RO). Ele estava foragido da Justiça desde quarta-feira (11) e por conta disso, a Polícia Civil divulgou uma foto do suspeito na sexta-feira (13). O homem é suspeito de abusar sexualmente de alunas, em uma escola rural de Cabixi (RO).

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito será encaminhado para a Casa de Detenção e deve ser interrogado na próxima semana. A prisão decretada contra ele é temporária, válida por 30 dias, mas pode ser prorrogada por mais 30 dias ou ser revertida para preventiva, conforme os elementos colhidos na investigação.

A prisão do professor foi pedida pela Polícia Civil, depois que seis vítimas foram ouvidas. Ao todo, são cinco meninas, entre 8 e 12 anos, e uma jovem de 18 anos, que relataram os abusos cometidos pelo homem.

G1 ainda não conseguiu localizar o advogado do suspeito.

Crimes

Na semana passada, quatro alunas de uma escola rural foram até o quartel da Polícia Militar (PM), acompanhadas pelas mães e conselheiras tutelares para denunciar que o professor as colocava no colo e passava a mão no corpo delas, incluindo as partes íntimas. Elas disseram que viu o professor fazendo o mesmo com outra colega.

Depois da denúncia das crianças, uma jovem de 18 anos também procurou o quartel e disse que, há cerca de 10 anos, também foi molestada pelo mesmo homem. Na época, ele trabalhava de guarda, no portão da escola onde ela estudava.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação de Cabixi, o profissional foi afastado do trabalho e um processo administrativo disciplinar foi instaurado para apurar a conduta do servidor.

por G1 RO
da G1 RO

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais