Publicidade

Publicidade

Provedores de Rondônia criam backbone que atravessa todo o estado

Tendo consumido investimentos deR$ 2,5 milhões, primeiro trecho já está em operação. Provedores querem concorrer com as grandes operadoras na venda de tráfego para região.

Real Turismo

Cansados de driblar a falta de oferta de banda larga na região, pequenos e médios provedores de acesso à internet de Rondônia resolveram trabalhar firme – e investir muito – por sua independência das grandes operadoras locais. Mais que isso: vão se tornar seus concorrentes diretos.

São 13 empresários associados que, desde 2016, vinham planejando a criação da NBS Telecom, companhia fundada em janeiro de 2017. A NBS já implantou o primeiro trecho de fibra óptica no interior, mas o objetivo é cobrir todo o estado.

“Não foi à toa que esses 13 se juntaram. Com esse grupo, garantimos presença em todos os recantos do estado e vamos cobrir a maior área possível”, conta Hugo Silva Galves, um dos sócios. No ramal em operação, os links já estão sendo comercializados, para empresas e para outros provedores locais. Utilizando tecnologia Huawei, a capacidade inicial de tráfego é de 40 Gbps. “Mas podemos chegar a 2 Tbps”, acrescenta Galves.

Um forte diferencial da nova operadora, que não revela números de recursos, nem quilômetros já fibrados, é exatamente a característica de capilaridade obtida pela associação dos provedores locais. “Se juntarmos todas as nossas equipes de atendimento, chegamos a quase 400 funcionários qualificados, que têm suas bases ao lado do cliente. Vamos garantir um atendimento de alta capacidade e de alta qualidade”, ressalta Galves.

 

por Inforondonia
da Inforondonia

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais