fbpx
Informação a Serviço da População.

Quadrilha foi contratada por R$ 200 mil para matar homem em Cerejeiras

Real Turismo

CRIME

Por volta das 13h04 deste sábado, 29, a vítima Luciano Ribeiro Dantas, de 43 anos, estava no interior de um supermercado na cidade de Cerejeiras, quando dois homens armados adentraram o estabelecimento, e  ao fazerem o reconhecimento da vítima sacaram as armas e atiraram por varias vezes, acertando cerca de 20 tiros em Luciano que caiu agonizando e morreu no local. Luciano andava num carro Corolla blindado.

FUGA

Publicidade

Publicidade

Após cometerem o homicídio os assassinos fugiram num carro Fiat Línea, com placas de Campinas-SP, onde dois homens aguardavam para dar fuga. Os assassinos tinham um plano. Chegaram a cidade em dois veículos, sendo um Fiat Linea e um um outro ainda não identificado. Estudaram a rotina de Luciano e resolveram mata-lo neste sábado. Após matar Luciano, iriam matar também um parente de Luciano por nome Pascoal Ribeiro Dantas, após trocar de carro e fugir.

PRISÃO

A Polícia Militar (PM) recebeu a informação que um homem tinha sido assassinado a tiros dentro de um mercado.

De imediato uma guarnição que estava nas proximidades recebeu informações dos suspeitos e do carro que empreenderam fuga. Não demorou e a PM localizou o veículo rumo à cidade de Colorado. Contudo, os suspeitos perceberam a aproximação da viatura e passaram a efetuar disparos contra a guarnição. Após troca de tiros, os suspeitos abandonaram o carro na BR-435, e se embrenharam na mata.

Rapidamente outras viaturas chegaram em apoio, e após intensas buscas dois suspeitos foram localizados e presos. Porém, as buscas continuaram e mais um integrante da quadrilha foi localizado no meio da mata. No veículo havia armas e munições de grosso calibre e duas granadas de mão.

Entretanto, o quarto integrante da quadrilha conseguiu escapar do cerco policial. Com isso, ao amanhecer deste domingo, 30, as buscas recomeçam e os policiais terão apoio de um helicóptero vindo da Capital para dar apoio aério e fazer uma varredura. Com isso, prender o quarto elemento.

MOTIVO

Luciano Ribeiro Dantas fazia parte de uma comunidade cigana no Estado da Bahia, ele teria sequestrado Iranildo Gama Queiroz, filho de um cigano de posses. Porém, teria exigido cerca de R$ 5 milhões para libertar o rapaz. O pai do sequestrado teria pagado a quantia de R$ 500 mil, mas Luciano com raiva por não ter recebido a quantia pedida, matou, esquartejou e mandou a cabeça do rapaz para o pai. Com isso, o pai da vítima teria declarado guerra a Luciano e teria contratado a quadrilha por R$ 200 mil para procurá-lo e matá-lo.

Com medo, Luciano mudou da Bahia para Palmas no Tocantins. Mas foi encontrado pelos pistoleiros contratados para mata-lo, Porém, na embosca Luciano conseguiu escapar, mas seu filho, João Vitor Cerqueira foi baleado e morreu a caminho do hospital.

Após esse ataque, Luciano se mudou para a cidade de Cerejeiras, onde novamente foi descoberto e desta vez não conseguiu escapar, sendo assassinado dentro do mercado onde fazia compras. Porém, não era apenas Luciano o alvo da quadrilha, mais uma pessoa estava marcada para morrer, seria Pascoal Ribeiro Dantas, mas foram detidos antes de cometerem o segundo assassinato.

Porém, o plano deu errado, a Polícia Militar agiu com extrema rapidez, prendeu três deles e apreendeu todo o arsenal bélico.

 

ATENÇÃO: O VÍDEO CONTÉM IMAGENS FORTES

Centranet
por Extra de Rondônia
da Extra de Rondônia
Veja mais
Black Friday
Comentários
Carregando...