Publicidade

Publicidade

Publicidade

Quadrilha que matou casal de MS é presa em Cacoal (RO)

Dois casais foram presos suspeitos de envolvimento no crime, mas suas identidades ainda não foi divulgadas

0
Real Turismo

A Polícia Militar de Cacoal, em Rondônia, prendeu quatro pessoas suspeitas de terem executado o casal Tinho e Rose Lechuga nesta quinta-feira (23) em Aripuanã, no Mato Grosso. Os dois haviam se mudado recentemente de Coronel Sapucaia para a cidade de Rio Branco, MT.

O corpo de Tinho foi o primeiro a ser encontrado à margem do Mirante Salto das Andorinhas, um dos principais pontos turísticos de Aripuanã,MT. Já Rose foi encontrado horas depois. O local, no entanto, ainda não foi informado.

As identidades dos dois homens e das duas mulheres presas, suspeitos de envolvimento no crime também ainda não foram divulgadas. Conforme o site Notícias 190 os policiais chegaram até eles ao encontrarem a caminhonete Hilux que foi roubada do casal, em um lava-jato na Avenida Das Comunicações, no Bairro Teixeirão em Cacoal.

Os dois homens foram presos no estabelecimento e em seguida as duas mulheres, que foram encontradas em um outro endereço da cidade. Todos foram encaminhados para a Polícia Civil e não está descartada a participação de outros criminosos. Cacoal fica a 234 quilômetros de Aripuanã.

O caso – O casal havia sido visto pela última vez, saindo de casa na companhia de um outro homem, na manhã desta quinta-feira (23). Tinho Lechuca foi encontrado morto com uma lesão no crânio à margem do Mirante Salto das Andorinhas. Já as circunstâncias da morte de sua esposa, ainda não foram divulgadas.

As duas camionetes do casal, modelo S10 e Hilux também desapareceram após o crime que é tratado até então como latrocínio (roubo seguido de morte). Ainda não há informações sobre quais objetos ou valores em dinheiro teriam sido levados, além dos carros.

Fonte: Campo Grande News

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais