Publicidade

Receita Federal alerta profissionais liberais

0
Real Turismo

Desde o dia 1º de janeiro está em vigor a obrigatoriedade de os contribuintes pessoa física nas ocupações de médico, odontólogo, fonaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, advogado, psicólogo e psicanalista, nas prestações de serviço identificarem o CPF dos titulares do pagamento de cada um desses serviços.

Como fazer

Deverá ser utilizado o programa do CARNÊ-LEÃO para os respectivos registros e imprimir o DARF. O Contribuinte que utilizar o programa (Carnê-Leão) 2015, poderá exportar esses dados para a Declaração de Rendimentos do IRPF em 2016, esclarece a Delegacia da Receita Federal em Porto Velho.

Malha

A Receita Federal na 2ª Região Fiscal destaca que essas informações serão obrigatórias para a declaração de rendimentos do IRPF 2016. A decisão visa evitar a retenção em malha de milhares de declarantes que preenchem a declaração de forma correta e pelo fato de terem efetuado pagamentos de valores significativos a pessoas físicas acabam por ter que apresentar documentos comprobatórios.

fonte: Delegacia da Receita Federal em Porto Velho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais