Publicidade

Publicidade

RO: fraudes no Sistema de Emissão de Documento de Origem Florestal são alvo de operação da Polícia Federal

Crime permitia regularização indevida de pessoas que cometeram delitos ambientais

0
Real Turismo

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira em Rondônia dois mandados de busca e apreensão na casa de acusados por fraudes no Sistema de Emissão de Documento de Origem Florestal. O sistema é utilizado para o controle de movimentação de madeira extraída em quase todos os estados. A investigação aponta indícios de que os acusados fraudavam o sistema para permitir aumento de crédito de forma artificial e liberar o ingresso no mercado de madeira para pessoas condenadas por delitos ambientais.

O esquema pode ter sido responsável pela emissão de 3,5 mil documentos de origem florestal e a movimentação de 164 mil metros cúbicos em créditos florestais indevidos.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, os policiais federais apreenderam documentos, telefones celulares e equipamentos eletrônicos, que serão analisados pela equipe de investigação.

Em setembro de 2018, o IBAMA, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais, determinou a abertura dos dados do Sistema de Emissão de Documento de Origem Florestal. A consulta permite que compradores de madeira tenham mais maior controle da cadeia de produção, e possam exigir que produtores e extratores não contribuam com a destruição da floresta.

por EBC
da EBC

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais