Publicidade

Publicidade

Publicidade

Rodovia do Calcário em Espigão D’Oeste recebe atenção especial do DER

0
Real Turismo

Cascalhamento, implantação de bueiros, reconformação da plataforma e canais de drenagem são alguns dos serviços que estão sendo feitos pelo Departamento de Estradas, Transportes, Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos  (DER) nos 52 quilômetros de extensão da RO-133, popularmente conhecida como Rodovia do Calcário. A estrada tem início em Espigão D’Oeste e término na Companhia de Mineração de Rondônia (CMR), mantida pelo Governo de Rondônia.

A companhia oferece calcário para todo o Estado e também para os estados do Acre e Amazônia. O calcário é bastante utilizado para a correção da acidez do solo, sendo indispensável para o agronegócio, tanto para a agricultura como para a pecuária. De acordo com o residente da 11ª Residência do DER, Thiago Fajardo, a recuperação da RO-133 é extremamente necessária.

“O DER de Pimenta Bueno é responsável por uma malha rodoviária de aproximadamente 700 quilômetros, sendo que deste total, 540 quilômetros são de estradas não pavimentadas. A Rodovia do Calcário é uma delas e merece toda a nossa atenção, pois é uma estrada com grande trânsito de veículos pesados devido à mineração de calcário, de manganês e também por conta do agronegócio, principalmente a pecuária e a soja”, ressalta Thiago.

No início desta semana, quem também esteve acompanhando os trabalhos na Rodovia do Calcário e visitando a Companhia de Mineração de Rondônia foi o secretário regional de Governo, Celso Adame. Conforme explicou, a presença do governo, através do DER, está sendo reforçada na área rural. “Atendendo determinação do governador Marcos Rocha e o pedido feito pelo diretor geral do DER, coronel Erasmo Meirelles, estamos acompanhando de perto as ações do governo e estamos satisfeitos com o serviço de manutenção e recuperação que está sendo feito aqui nas rodovias estaduais da nossa regional”, destaca Celso Adame.

Para Márcia Rodrigues de Oliveira, nascida e criada às margens da Rodovia do Calcário, onde mora com o esposo, filhos, rodeada pelos pais, sogros, cunhados, irmãos, tios, sobrinhos, enfim, por toda a família, o serviço traz alívio para todos.

“Nós vivemos afastados das cidades então pra nós é importante que essa estrada esteja boa, que nos dê condições de ir e vir. Principalmente para as crianças. Já chegou dia em que os alunos precisaram sair de casa às 4h30 da manhã pra conseguir chegar à escola, por conta dos atoleiros, da chuva. Por isso, ver esse trabalho sendo feito, deixa a gente mais tranqüilo. Estou vendo que estão colocando saídas pra água, recuperando toda a estrada, então isso traz alívio pra todos que moram aqui”, conclui dona Márcia, que tem um pequeno restaurante próximo à CMR.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais