Publicidade

Publicidade

Publicidade

Seagri e agentes financeiros promovem rodadas de negócios antecipando a 5ª Rondônia Rural Show

Real Turismo

Em reunião com agentes financeiros na sexta-feira (22), na Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), a comissão organizadora da 5ª Rondônia Rural Show, a fim de agilizar os tramites das propostas de financiamento de equipamentos, resolveu realizar em sete municípios, rodadas de negócios antecedendo o evento principal que acontece no parque de exposição Hermínio Victorelli, de 25 a 28 de maio, em Ji-Paraná.

O volume de recursos disponíveis para financiamentos agrícolas durante a 5ª Rondônia Rural Show será maior que os disponibilizados nas edições anteriores da feira, podendo passar de R$ 1 bilhão.

O plano safra 2015/2016, que disponibiliza recursos a juros subsidiados (5,5% ao ano), para o agronegócio familiar, é um dos fatores para a realização das sete rodadas de negócios em localidades macro (Ariquemes, Jaru, Cacoal, Rolim de Moura, Colorado do Oeste, São Miguel do Guaporé e Nova Mamoré), pois os financiamentos realizados até o final do mês de junho (2016) serão beneficiados com o subsídio governamental. “Não sabemos quais as taxas de juros que serão praticadas no plano safra 2016/2017?, explica Evandro Padovani, secretário da Seagri.

Nestas sete rodadas de negócios, estarão presentes a Seagri, a Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), Banco da Amazônia (Basa), Banco do Brasil (BB), cooperativas de crédito e outros agentes financeiros. Também serão convidados a participar os fornecedores de equipamentos, insumos e tecnologias agropecuárias. “O agronegócio é a mola da economia de Rondônia e, por isso, temos certeza de que todos estarão presentes aos sete eventos”, exalta José Paulo Gonçales, coordenador da 5ª Rondônia Rural Show.

“O Basa quer superar o números de financiamentos contratados durante a 4ª Rondônia Rural Show e para isso trabalharemos em parceria com os órgãos governamentais nas sete rodadas de negócios que deverão iniciar em meados de fevereiro, recebendo proposta com antecedência de 60 a 90 dias, para fazermos a entrega dos equipamentos e recursos no final de maio, durante a 5ª Rondônia Rural Show”, diz o superintendente do Basa em Rondônia, Edmar Bernaldino.

Chiquinho da Emater, vice-presidente da Emater-RO, lembra que o grande objetivo da feira “é o de promover impacto tecnológico para o homem do campo; é mostrar e comercializar os equipamentos, insumos e técnicas de ultima geração que estão modernizando o agronegócio em nosso Estado, desde o pequeno agricultor até o grande, agregando valor aos nossos produtos e aumentando a produtividade sem que se desmate sequer mais nenhum hectare”.

Fonte

Texto: Marco Aurélio Anconi
Fotos: Reprodução
Secom – Governo de Rondônia

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais