Publicidade

Publicidade

Publicidade

Secretário de Agricultura de Cerejeiras pede apoio para implantar viveiro de mudas de plantas nativas

Real Turismo

A recuperação das matas ciliares e das áreas de nascentes do rio Araras, principal fonte de abastecimento de água em Cerejeiras, no Cone Sul do Estado, foi definida como uma prioridade na Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Semagri), comandada por Nilson Fernandes da Silva.

E para colocar em prática o seu projeto, o secretário buscou apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), que prontamente acenou com a destinação de uma emenda, no valor de R$ 70 mil, para a construção de um viveiro, onde possam ser produzidas as mudas de plantas nativas para o processo de reflorestamento.

“É um projeto de cunho ambiental, mas que ao mesmo tempo, vai garantir o abastecimento de água, já que a manutenção das nascentes é fundamental para que o rio Araras siga perene. Já assegurei a destinação de emendas e vou ser parceiro desta iniciativa importante para Cerejeiras”, destacou Maurão.

Nilson Fernandes, que estava acompanhado de sua filha, Hosana Balbino, informou que a meta do projeto é isolar aproximadamente 50 nascentes, no primeiro momento. “Na segunda etapa, vamos inserir as plantas nativas nessas áreas, para recuperarmos o volume de água do rio Araras”, explicou.

Segundo o secretário, o viveiro é decisivo para o sucesso do projeto, mas a prefeitura não dispõe de recursos para custear a sua implantação. “Temos mão de obra e com o viveiro pronto, vamos poder desenvolver está tão importante ação, para garantir o abastecimento de água em Cerejeiras”, completou.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais