Publicidade

Publicidade

Publicidade

Senador Confúcio Moura renúncia benefícios do mandato

0
Real Turismo

Viagens também serão evitadas para poupar gastos e não fugir dos propósitos

De acordo com o levantamento do portal Congresso em Foco, os custos para a manutenção dos salários e benefícios dos deputados e senadores ultrapassam R$ 1 bilhão por ano. No caso do Senado Federal, a soma por parlamentar chega a R$ 160 mil mensais. São custos com verbas extras para moradia, telefone, veículos, combustível, entre outros.

O senador Confúcio Moura (MDB/RO), em exercício do mandato desde o dia 1º de fevereiro, protocolou na Diretoria-Geral a renúncia de cinco benefícios – auxílio moradia, cota de telefonia fixa residencial, imóvel funcional, pagamento da ajuda de custo e veículo oficial –, em caráter irrevogável, sendo o primeiro parlamentar do exercício a formalizar a abdicação, no dia 2 de janeiro.

“A gente tem que procurar atender os clamores da população que deseja um Congresso Nacional mais austero, mais enxuto, menos gastos com o gabinete e mais trabalho voltado para a população”, afirma.

Enquanto governador, o parlamentar também dispensou os benefícios e sancionou a Lei nº 2.460, de 17 de maio de 2011, que revoga a pensão permanente dos governantes.“Todos os ex-governadores de Rondônia tem um benefício vitalício e comigo encerramos o ciclo”, declara.

Além disso, para centrar nos objetivos do mandato e minimizar ainda mais os gastos,Confúcio tem dispensado também as viagens e, até mesmo, a participação em atividades de grande visibilidade, como a possibilidade de presidir a Comissão Parlamentar Mista do Mercosul.

“Eu não vou aceitar, porque vou desfalcar, porque vou viajar para Buenos Aires, Montevidéu, Assunção, e vou deixar meu objetivo que é a educação e a ciência e tecnologia de lado”, enfatiza ao destacar a importância de focar nas metas de atuação.

por Assessoria
da Assessoria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais