Publicidade

Real Turismo

Servidores da saúde recebem insalubridade, retroativos de progressões e verbas rescisórias

0
Real Turismo

Cerca de cinco mil processos que estavam parados de servidores da saúde foram reanalisados em 2019 pela equipe da Secretaria Estadual de Saúde, a maioria processos de progressões funcionais  verticais e horizontais, e mais de três mil servidores já receberam insalubridade, 868 servidores receberam as progressões e mais de 300 as  verbas rescisórias em 2019.

“Estamos trabalhando e empenhados para agilizar os processos que estavam parados, e dar continuidade aos que estão chegando. Graças a um esforço conjunto da Sesau com a Superintendência Estadual de Gestão de Pessoal (Segep) isso está sendo possível. Os processos estão sendo analisados e os pagamentos disponibilizados”, informou o Secretário de Saúde, Fernando Máximo.

De acordo com Neucila Baratto, gerente de Recursos Humanos da Sesau, em 2019 foram pagos mais de R$1,1 milhão a 868 servidores referente a diferença de progressões. Em verbas rescisórias foram mais de R$ 2,1 milhões pagos a 314 servidores.

A insalubridade, que é uma reivindicação dos servidores, também está sendo paga. Mais de três mil profissionais da saúde estão recebendo, e no ano passado foram pagos mais de R$ 5,8 milhões.

“Completamos um ano à frente da Secretaria de Saúde, um ano de muitas dificuldades, mas que estamos sempre atentos à reivindicação da categoria. Nosso objetivo é encontrar a melhor maneira para atender nossos servidores. Com a determinação do governador Marcos Rocha iremos fazer todos os pagamentos”, destacou o secretário de saúde Fernando Máximo.

A previsão é que mais de 1.500 processos de progressões sejam pagos este ano.

Fonte: Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais