Publicidade

Publicidade

Três parlamentares de Rondônia votaram contra a devolução da sobra do Fundo Partidário que poderia ser usado na Saúde, Educação e Segurança

0
Real Turismo

O plenário da Câmara Federal, votou ontem (02/04) uma emenda do deputado Marcel Van Hattem (NOVO-RS) ao Projeto de Lei 1321/19, que tinha por objetivo permitir que partidos políticos tivessem autorização para devolver recursos das sobras do Fundo Partidário para o Tesouro Nacional, a emenda foi rejeitada por 294 votos a 144.

Seis parlamentares de Rondônia estavam presentes na sessão; Expedito Netto (PSD), Silvia Cristina (PDT) e Jaqueline Cassol (PP) votaram contra a emenda.

A favor da emenda votaram os parlamentares; Mariana Carvalho (PSDB), Leo Moraes (PODEMOS) e Mauro Nazif (PSB).

O partido NOVO divulgou em suas redes sociais que em 2019 irá receber R$ 24 milhões de dinheiro público, e não irá usar nem um centavo desse recurso, contudo com a reprovação da emenda ficará também impedido de devolver o montante para o Tesouro Nacional.

Em sua conta no Instagram João Amoedo diz (veja aqui) que a legislação impede que os recursos sejam devolvidos para aplicação em educação, segurança e saúde. E que a emenda poderia ser a solução para o impasse, contudo foi rejeitada pelo congresso.

Veja abaixo como votou os deputados de Rondônia:

por Portal Espigão
da Portal Espigão

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais