Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
03
jul
2020

Um motorista de 38 anos foi preso por dirigir embriagado após se envolver em um acidente de trânsito na noite da última quarta-feira (22), em Porto Velho. Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi chamada por populares para prestar apoio em uma colisão. Um motociclista de 27 anos envolvido na batida também acabou detido, pois não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). No local, os policias foram informados que o motociclista seguia na Avenida Alexandre Guimarães, quando no cruzamento com a Rua Doutor Agenor Martins de Carvalho houve a batida entre o ciclomotor e o automóvel. O motorista do carro fugiu do local e não prestou socorro ao piloto, conforme relatado à guarnição da PM. Minutos depois, o homem retornou ao local do acidente e foi contido por populares. Os policiais convidaram os dois envolvidos para realizarem o teste do bafômetro. O resultado do teste do suspeito apontou 1,06 miligramas de álcool por litro (mg/l) de ar expelido, comprovando que ele estava embriagado. O motociclista realizou o teste do bafômetro, que indicou 0,00 mg/l. O motorista recebeu voz de prisão por dirigir embriagado e foi levado para a Central de Flagrantes. O motociclista também foi preso, pois não possuía CNH. Os policiais não fizeram perícia no local, pois a cena do acidente foi desfeita pelos envolvidos. Os dois homens tiveram ferimentos leves, mas recusaram atendimento médico.

Um motorista de 38 anos foi preso por dirigir embriagado após se envolver em um acidente de trânsito na noite da última quarta-feira (22), em Porto Velho. Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi chamada por populares para prestar apoio em uma colisão. Um motociclista de 27 anos envolvido na batida também acabou detido, pois não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
No local, os policias foram informados que o motociclista seguia na Avenida Alexandre Guimarães, quando no cruzamento com a Rua Doutor Agenor Martins de Carvalho houve a batida entre o ciclomotor e o automóvel. O motorista do carro fugiu do local e não prestou socorro ao piloto, conforme relatado à guarnição da PM.
Minutos depois, o homem retornou ao local do acidente e foi contido por populares. Os policiais convidaram os dois envolvidos para realizarem o teste do bafômetro. O resultado do teste do suspeito apontou 1,06 miligramas de álcool por litro (mg/l) de ar expelido, comprovando que ele estava embriagado. O motociclista realizou o teste do bafômetro, que indicou 0,00 mg/l.
O motorista recebeu voz de prisão por dirigir embriagado e foi levado para a Central de Flagrantes. O motociclista também foi preso, pois não possuía CNH. Os policiais não fizeram perícia no local, pois a cena do acidente foi desfeita pelos envolvidos. Os dois homens tiveram ferimentos leves, mas recusaram atendimento médico.

Fonte: G1

Notícias Relacionadas