Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
18
set
2020

Vencedores do primeiro concurso Merendeira Nota 10 são premiados em Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Secretária de Estado da Educação, realizou na terça-feira (3) a premiação dos vencedores e participantes do primeiro concurso Merendeira Nota 10, no Salão Nobre Rosilda Schocknnes, no edifício Rio Pacaás Novos, em Porto Velho.

O concurso teve como objetivo incentivar as merendeiras ou manipuladores de alimentos das escolas estaduais de Porto Velho a criarem novas receitas que valorizem os hábitos alimentares da comunidade local, em conformidade com o Programa Nacional de alimentação Escolar (PNAE), responsável pelo atendimento anual de milhares de estudantes que frequentam creches, pré-escolas e escolas do ensino regular das redes federal, estadual e municipal.

Em sua primeira etapa o concurso “Merendeira Nota 10” iniciou solicitando das escolas de Porto Velho e Candeias do Jamari as receitas, sendo o ingrediente principal o peixe. Em seguida foram selecionados oito receitas de oito escolas da Capital. Após a seleção, cada escola produziu um vídeo de dois minutos mostrando as etapas de preparação das receitas até o momento que os alunos foram servidos, com um detalhe: as merendeiras deveriam ter papel de destaque.

O concurso foi oficializado em novembro deste ano, durante o curso de capacitação das merendeiras ou manipuladores de alimentos. Os vídeos produzidos foram disponibilizados nas redes sociais da Seduc para compartilhamento, sendo vencedora do concurso a escola em que o vídeo obteve o maior número de compartilhamentos até às 23h59 do dia 29 de novembro de 2019. Na cerimônia de premiação dos servidores que trabalham com a manipulação de alimentes, todos receberam medalhas de participação no concurso.

A Escola Estadual Princesa Izabel foi premiada, ocupando o 3° lugar no concurso, com a receita de Vatapá de polpa de Peixe, e 5,8 mil compartilhamentos do vídeo. Em 2° lugar a Escola Estadual Marcos de Barros Freire, com a receita de Tambaqui ao Molho, e 12 mil compartilhamentos do vídeo. E por fim, em primeiro lugar a equipe composta por seis integrantes da Escola Estadual Professora Flora Calheiros Cotrin de Porto Velho, com a receita de Mojica de Pintado e 21 mil compartilhamentos do vídeo.

PREMIAÇÃO

Além dos troféus e medalhas, cada componente da equipe campeã recebeu também uma estadia de um final de semana no hotel Cacoal Selva Park, em Rondônia, sendo elas: Maria da Conceição Umbelino da Cruz, Ana Paula Rocha Monteiro, Maria Braga da Silva, Lucimar Pereira de Souza, Terezinha de Oliveira Barros e Maria Socorro de Souza Gomes.

Para a vencedora Ana Paula Rocha Monteiro, foi muito gratificante poder sair campeã deste concurso, pois escolheram uma receita acessível e de fácil preparação, feita com o peixe Pintado e a Macaxeira cozida alinhando aos ingredientes do cardápio da escola, sempre pensando nos alunos e seguindo as normas nutricionais do concurso. “Todas nós estamos felizes e nos sentindo valorizadas com este concurso, foi um projeto muito bom, pois nos motivou ainda mais. E ver o sorriso dos estudantes e a aprovação deles é muito gratificante para nós, pois é um sinal de que nossa receita foi bem aceita e deu certo, além de ter sido aprovada pelas normas nutricionais” disse.

A secretária adjunta da Educação, Conceição Alves pontuou a dedicação e carinho com que as merendeiras ou manipuladores de alimentos produzem a merenda escolar para os estudantes. “Nós sabemos que hoje os alunos gostam muito da merenda servida nas escolas, e o governo do Rondônia tem trabalhado para capacitar cada vez mais os merendeiros, para que nossos estudantes tenham uma alimentação de qualidade nas escolas do Estado”, expressou.

Notícias Relacionadas