Publicidade

Vendas de passagens aumentam neste final de ano em Cacoal, RO

Real Turismo

As festas de fim de ano fazem crescer o movimento nas rodoviárias do país. Em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, muita gente já se prepara para pegar estrada e aproveitar o período de folga. De acordo com a encarregada de uma agência de viagens, Patrícia de Azevedo, o movimento dos últimos dias na rodoviária da cidade aumentou mais de 10% em comparação com ao mês no ano passado.

Segundo Patrícia, a procura é tão grande que novos horários serão disponibilizados a partir desta quinta-feira (15). “Alugamos cerca de 60 ônibus para duplicar nosso itinerário e atender melhor a todos os passageiros. No total, teremos 120 horários para atender mais de 600 pessoas por dia”, afirma.

O agricultor Valdivino Ferreira Lopes, 66 anos, é natural do estado de Goiás e há 31 anos não volta a Jandaia, sua cidade de origem, e agora embarca  para passar o natal com toda a família. “Não vejo a hora de poder voltar pra minha cidade, rever toda minha família, meus irmãos. Depois de tantos anos será um natal inesquecível perto das pessoas que amo”, disse o agricultor.

Já o comerciante João Carlos Pereira, de 61 anos, veio da Paraíba para visitar os filhos em Rondônia. “Estou há dois dias em Cacoal e agora sigo para Jí-Paraná para ver minha filha de 10 anos e pretendo passar pelo menos 60 dias por lá”, garante.

A encarregada afirma que os ôinibus para Cuiabá, Porto Velho e São Paulo são os mais procurados. As cidades do estado do Paraná também têm grande procura.

Para evitar transtornos, a recomendação é que os passageiros comprem seus bilhetes com antecedência, cheguem uma hora antes do embarque, identifiquem as bagagens e tenham em mãos os documentos, principalmente das crianças.

“Um dos cuidados principais é em relação as crianças e a documentação exigida na hora da viagem. Conforme instrução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em viagens nacionais a identificação da criança deve ser meio da carteira de identidade, passaporte ou certidão de nascimento. A criança só pode embarcar se estiver com os pais e com documento de identificação, de preferência com foto. É preciso uma autorização judicial para viajarem na companhia de outras pessoas”, alerta a encarregada.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais