Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
12
dez
2021

Venezuelano é preso suspeito de matar fisioterapeuta a facadas em campo de futebol em Porto Velho

Um jovem de 22 anos, Oscar Eloy Oropeza Ruiz, foi preso na rodoviária de Manaus (AM) no final da tarde de sexta-feira (5) suspeito de matar o fisioterapeuta Jorge Augusto Barroso da Silva, de 37 anos na última quarta-feira (3). A vítima foi morta em um campo de futebol.

Segundo a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) de Porto Velho, os agentes iniciaram a investigação logo depois de Jorge ser morto. A polícia então descobriu que o suspeito, um venezuelano, pudesse ter embarcado para a capital do Amazonas.

No final da tarde de sexta-feira, o chefe da investigação do Serviço de Investigação e Capturas (Sevic), Waldenor Castro, confirmou que o suspeito foi preso na rodoviária de Manaus.

“A polícia de Manaus trocou a informação com a gente e, com total apoio deles, conseguimos realizar essa prisão. Ele tinha esse mandado de prisão em aberto”, pontua o investigador.

O suspeito Oscar Eloy Oropeza Ruiz é de nacionalidade venezuelana. A dinâmica e o motivo do crime ainda são desconhecidos.

Oscar deve ser ouvido pela Polícia Civil assim que chegar em Porto Velho. A previsão é que ele preste depoimento na segunda-feira (8).

Dia do crime

Jorge Augusto Barroso da Silva, momentos antes de ser morto em Porto Velho, estava com um amigo em um distribuidora no bairro Cohab, zona sul.

Ambos ingeriam bebida alcoólica, quando Jorge saiu para urinar do outro lado de um campo de futebol, conhecido com Abobrão.

Como o fisioterapeuta não retornou, o amigo foi atrás e viu que Jorge estava sangrando. A testemunha ainda disse que um homem que estava de bicicleta foi quem desferiu a facada em seu amigo.

Jorge chegou a ser socorrido ao pronto-socorro do Hospital João Paulo II, porém não resistiu a gravidade dos ferimentos.

Fonte: G1

Notícias Relacionadas